publicado a: 2017-05-03

Lançamentos e novidades em soluções tecnológicas no Agrishow 2017

Entre os dias 1 e 5 de maio decorre a 24ª edição da Agrishow, em Ribeirão Preto (São Paulo - Brasil), com o lançamento de soluções tecnológicas para a agricultura.

Entre os lançamentos estão os Óculos de Inspeção Visual para deteção dos sintomas do greening nos citrinos e a aplicação Agritempo GIS, com mapas de monitorização e previsão para agricultura, gerados em tempo real, que podem ser consultados no smartphone ou tablet.

Óculos especiais para identificação do greening

Par de óculos com filtro de luz incorporado às lentes, criando um efeito visual que intensifica o contraste entre as cores características da doença nas folhas. Os óculos também bloqueiam os raios ultravioletas, proporcionando ao utilizador proteção contra a luz do sol e conforto na execução da atividade.

Os óculos facilitam o trabalho dos inspetores e reduzem a taxa de erros na identificação da doença. Os criadores da invenção acreditam que, além do Brasil, a tecnologia poderá ser usada por inspetores em outros países produtores de citrinos.

A investigadora Débora Milori explica que o filtro de luz atenua maioritariamente a cor verde, levando à percepção de contraste pelo olho humano a ser ainda maior, fator fisiológico que ocorre devido à hipersensibilidade da retina humana à cor verde. Assim, é possível que sejam identificados tons periféricos que não seriam percebidos normalmente. Para o inspetor de campo, esse fator significa que pequenas alterações do verde para o amarelo, em virtude da doença, sejam identificadas mais facilmente.

Aplicação móvel

A aplicação móvel Agritempo GIS permite aos utilizadores o acesso, via Internet, às informações meteorológicas e agrometeorológicas de diversos municípios e estados. Além de informar a situação climática atual, a base de dados do sistema apoia o desenvolvimento das recomendações do Zoneamento Agrícola de Riscos Climáticos (ZARC), política mantida pelo Mapa. A aplicação possui as seguintes funcionalidades: mapas de monitorização, previsão do tempo, índice de seca e de chuvas.

A solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Balança dinâmica

A balança dinâmica, tecnologia desenvolvida pela Embrapa Gado de Corte de nome Balança de Passagem, a BalPass® é inédita e possui uma série de vantagens entre elas de evitar o stress no animal. A sua estrutura de madeira é instalada no campo e permite monitorizar o ganho ou perda de peso animal. O equipamento é composto por balança, leitor e módulo de transmissão de dados por rádio frequência e não depende de internet, outra vantagem para o produtor.

Segundo um de seus criadores, o analista Quintino Izidio dos Santos, a balança monitoriza diariamente os animais no campo de forma instantânea e remota dando a possibilidade ao produtor de traçar seu plano de negócio na comercialização de seus animais.

Limpeza sem água - Classificadora Vertical Compacta

O equipamento móvel e compacto que não usa água na limpeza vai ajudar pequenos produtores a classificar tomate e outros frutos e hortaliças, no próprio campo, e contribuir para a redução de perdas no pós-colheita. Licenciado para a empresa paulista MVisia, o equipamento é uma alternativa aos agricultores com pouco acesso à tecnologia automatizada. A empresa pretende disponibilizá-lo ao mercado até o fim de junho.

Desenvolvido em formato vertical, o protótipo usa um sistema de escova de três vias em helicoide, que faz aumentar a eficiência de limpeza e classificação, atenuando significativamente o impacto nos frutos. Os métodos de seleção em máquinas estáticas convencionais podem provocar quase três vezes mais lesões.

Informatização das atividades agrícolas

A Embrapa vai apresentar aplicativos que auxiliam o produtor na gestão da propriedade rural. O Roda da Reprodução é uma aplicação móvel para auxiliar na gestão de rebanhos leiteiros. A ferramenta permite monitorizar de maneira simples os estágios produtivos e reprodutivos de um rebanho. A aplicação apresenta o rebanho numa roda que permite a visualização rápida da situação produtiva e reprodutiva, por meio de cores e posicionamento.

Irrigação com luz solar

Para irrigação, a novidade é um irrigador solar automático que não usa eletricidade e pode ser feito com materiais reutilizados. Desenvolvido pelo físico Washington Luiz de Barros Melo, o equipamento poderá ajudar de pequenos produtores a jardineiros amadores a manter seus canteiros irrigados automaticamente pelo método de gotejamento. Para isso, utiliza um princípio simples da termodinâmica, a de que o ar se expande quando aquecido.

Fonte: Embrapa

Comentários

  • Faça login para poder comentar.